California

Dia 15: Los Angeles (Califórnia - EUA)

domingo, janeiro 08, 2012

A sexta-feira, 30 de setembro, foi quase um dia todo perdido para nós. Por que será que deu tanta coisa errada em Los Angeles? Falta de planejamento.

Nossa reserva no Hyatt era só até este dia porque, quando reservamos, não sabíamos se continuaríamos em Valencia ou se insistiríamos em encontrar um outro hotel em LA. Tentamos manter a reserva mas, como era sexta-feira, a tarifa ficaria muito mais alta.

Como era de se esperar, não encontramos nenhum hotel bom e barato no centro. O Barry conseguiu reservar um quarto no Marriott, também em Valencia, por 20 dólares a mais (US$ 110 a diária), para nós.

Já estava tenso carregar esse tanto de mala! E ainda estávamos no meio da viagem!
Assim, acordamos cedo para fazer o check-out, colocamos as malas no carro e fomos almoçar com o Barry no Lazy Dog Cafe, um diner muito gostosinho (com uma decoração que me lembrou o Outback).
Adivinha o que eu comi? Uma Caesar Salad, lógico. Virei especialista nas saladas de Los Angeles. Hahaha. E essa estava animal também! E custou menos que no Kitchen 24! :)
A Ana pediu uma Greek Salad (US$ 7,50) e um Half Sandwich & Soup (US$ 7,25), que ela pediu para trocar a sopa por batatas fritas. Uma coisa legal dos Estados Unidos é que ninguém faz cara feia quando você muda alguma coisa do cardápio.

Minha Caesar Salad no Lazy Dog - $ 5,95 (com frango + $ 2)
Half Sandwich & Soup (batatas no lugar da sopa) - $ 7,95
Saímos correndo do restaurante porque tínhamos tickets para assistir ao The Tonight Show, apresentado pelo Jay Leno, e deveríamos estar nos estúdios da NBC, em Burbank (cidadezinha entre Valencia e Los Angeles), às 14h30. Veja como reservar ingressos para os programas de TV aqui.
Iríamos assistir o Hugh Laurie (Dr. House!) e estávamos bem ansiosas.


Chegamos quase em cima da hora -- mais precisamente às 14h25 --, estacionamos o carro em um prédio comercial na frente da NBC e fomos para o estúdio. A fila para o programa estava enorme e até pensamos: "nossa! Esse estúdio deve ser bem grande!". Ficamos quase duas horas esperando a gravação começar, entre preenchimentos de autorizações de imagem e senta e levanta. Foi entrando um por um dos espectadores e, quando chegou na nossa vez, a produtora disse:
- Só temos mais um lugar na plateia. Qual das duas vai entrar?
- O quê??? - falamos, em coro.
- A outra pode assistir à gravação da sala verde.
- Mas nem a pau!
Era óbvio que não íamos nos separar! E ficamos muito, mas muito irritadas! Começamos a xingar todo mundo em português (que engraçado ver a cara deles de "ãhn?"! Haha), afinal, nós tínhamos reservado os ingressos! Mas aí eles explicaram que a reserva não é garantia de lugar. Eles sempre disponibilizam mais ingressos que o número de cadeiras porque muita gente desiste de ir e não liga para cancelar. Que ódio!

Por isso, a dica de ouro é: se pretende ir a algum programa de TV, chegue cedo! Principalmente em programas como o The Tonight Show, que são muito concorridos. Eles pedem para chegar duas horas antes da gravação, mas não é suficiente! Tanto que vimos uma área reservada para quem chega de manhã! 


Nervosas, xingando até a avó da produtora, fomos embora. Como não tínhamos nada planejado e estávamos em Burbank, resolvemos dar uma passada na Warner Bros. pra ver se dava tempo de fazer o tour pelos estúdios (falo desse tour em outro post). Na porta, perguntamos ao segurança onde deveríamos comprar nossos ingressos e ele disse que o último tour  tinha saído às 16h -- já eram quase 17h. :/


E aí, se não tínhamos nada para fazer? Voltar para Valencia no horário de pico estava fora de cogitação.

Resolvemos dar uma passada na Fry's, uma loja gigante de eletrônicos. Demos uma olhada nos iPads e afins, mas achamos tudo muito caro. 

Que loja mais cafona! Tem um disco voador na entrada?!?!
Já estava anoitecendo quando voltamos para Valencia, para fazer check-in em nosso novo hotel, o Marriott. Outro hotel lindo de morrer e delicioso. Pena que em nosso quarto só tinha uma cama king, de novo. Tudo bem, a gente não liga, mas que o Hyatt estava melhor, não tínhamos como negar.





Era sexta-feira e nossos amigos tinham ido fazer alguns shows em Houston, no Texas, então meio que bodeamos de sair. A preguiça de ir até Los Angeles foi mais forte.
Resolvemos arrumar nossas malas, que estavam uma bagunça:

Meu Deus! Como voltaríamos com tudo isso para o Brasil?
Aí, aproveitamos a internet free do hotel (finalmente ficamos em um hotel com internet de graça!) e tivemos uma crise de riso (e tosse):


Ah, é! Eu tive uma crise bizarra de alergia em Los Angeles. Em outro post eu explico o porquê. 

Beijo,


Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook