California

Dia 18: Los Angeles (Califórnia - EUA) - Parte I

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Na segunda-feira, 3 de outubro, visitamos os estúdios da Warner Bros., em Burbank (California). Antes de viajarmos, chegamos a pensar em comprar os ingressos para o VIP Studio Tour pela internet, mas acabamos não comprando. Na hora, o valor é o mesmo (US$49) e, por isso, deixamos para adquiri-lo quando estivéssemos livres e com tempo de visitar os estúdios.

A bilheteria fica dentro de uma loja com objetos e roupas dos seriados, dos programas e dos filmes. Pra quem é fã, é uma loucura! Imagine que tem tudo de F.R.I.E.N.D.S e seu famoso Central Perk. Fiquei enlouquecida! Aliás, eu estava ali somente por causa deste seriado.


Primeiro, você vai a uma sala, onde assiste a um vídeo sobre a história e as produções da Warner. Na sequência, uma pessoa se apresenta para ser seu guia durante o passeio. O tour tem 2 horas e 20 minutos de duração  (e saídas de 20 em 20 minutos ao longo do dia).
Estávamos ansiosas pelo passeio e ficamos muito felizes quando entramos naquele carrinho, no estilo dos carros de campo de golfe. Éramos 11 pessoas mais o guia em um carro.


Fotografar é permitido, mas assim que o cara percebeu que eu estava filmando, já me deu aquela bronca. Como ele não tinha como saber se eu estava filmando ou fotografando com a minha câmera, ignorei. Só parei com a narração e disfarcei bem.

O tour é legal, mas deixou muito a desejar. Explico: você fica mais tempo em cenários de programas ou filmes que nunca viu nem ouviu falar e, nos dos seus favoritos, não pode nem tocar -- às vezes, nem descer do carrinho você pode. Fora o tanto de lugar lá dentro que eles não deixam nem fotografar (como o museu com as roupas originais, por exemplo).

Outra coisa: o guia pega algumas pessoas para atuarem nos cenários. Isso não é divertido, é vergonhoso, principalmente se você não fala inglês fluente. Coitada da Ana, já foi escolhida para a primeira cena. Ainda bem que ela mandou bem. Se fosse eu, já virava um soco na cara do guia. Hahaha


Como falei acima, só fui à Warner para ver os bastidores de F.R.I.E.N.D.S. Quando entramos no cenário, eu quis morrer! Mas é lógico que, infelizmente, não podíamos tocar em nada! Perguntei ao guia se poderia tirar uma foto sentada no sofá e ele disse que sim, mas que eu deveria esperar cinco minutos. Eu estava tão eufórica que entendi "pode, mas só por cinco minutos" e sentei. A Ana tirou uma foto minha e ele deu a maior bronca na gente. Xinguei em português.

Então, ele disse que todo mundo poderia tirar a foto no sofá mas com a condição de irem em grupos de família ou amigos. Se você for com três pessoas, vai tirar a foto com as três. Nada de foto sozinho.

No cenário de F.R.I.E.N.D.S.
Uma coisa bacana é o museu de carros. Tem os carros do Batman, do Scooby Doo, do Harry Potter... Tudo original. :)

Um dos carros do Batman
O guia nos levou ao estúdio do The Big Bang Theory mas já avisou que deveríamos deixar as câmeras fotográficas no carro por causa dos direitos autorais do programa. Sentamos na platéia e ele contou como funciona a gravação. Uma curiosidade: o diretor fica de olho na platéia (há câmeras por todos os lados que filmam a reação das pessoas) e muda o roteiro ali, na hora, de acordo com as risadas. Se ninguém rir da piada, eles gravam uma nova cena. Coitados dos atores. Hahaha.

Visitamos também os estúdios de Chuck e a cidade cenográfica. Ali, o guia, que já estava me odiando por toda a vida, pediu para eu e a Ana interpretarmos Monica e Rachel no episódio em que elas encontram Van Damme, em F.R.I.E.N.D.S.
Mico, mas valeu pela foto.

Como Monica e Rachel (F.R.I.E.N.D.S.), no episódio em que elas encontram Van Damme na rua
Resumindo, eu acho que o tour é até dispensável. A não ser que você seja fã de F.R.I.E.N.D.S., como nós, e acredite que US$ 49 de entrada valem a foto que você vai tirar no cenário. Para mim, valeu. De resto, eu achei quase um porre.

Depois da Warner, combinamos de nos encontrar com a Deanna, minha amiga de LA e mãe do Barry, lá em Santa Clarita (cidadezinha próxima a LA). Mas, antes, demos uma passada numa loja de Scrapbooking, em Burbank mesmo. Se você curte fazer álbuns de suas viagens como eu, a Once Upon a Page tem cada material incrível! E de todas as cidades dos Estados Unidos (o que é muito difícil de encontrar nas lojas daqui do Brasil). Gastei US$ 100 mas comprei coisa que eu pagaria três ou quatro vezes mais aqui. Pra você ter uma ideia, paguei US$ 4 em uma cartela que custa R$ 30 na loja de Scrapbooking aqui perto da minha casa. Valeu muito!

Então, partimos para Santa Clarita, para tomar um lanche com a Deanna e os filhos dela.

Lanchinho na casa da Deanna
De lá, fomos para o hotel nos arrumar e... o resto eu conto no próximo post! :D

Beijos,






Você também poderá gostar de:

2 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook