#SinTrip

Dia 24: Pelas estradas da Califórnia (EUA)

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Na manhã do domingo, 9 de outubro, partimos de Los Angeles, com destino a San Francisco.
Já sabíamos que, se fossemos pelo caminho que o GPS indicava (pegando a I-5 N), demoraríamos aproximadamente 6 horas e meia para chegar.


Mas, como somos rebeldes (hahaha), mudamos a rota para conhecermos as cidades da costa. Assim, pegamos a 101-N e seguimos viagem.


O Google Maps diz que este caminho demora 7 horas e meia, mas... Não é bem assim. A viagem é bem mais demorada, só que, em compensação, olha só o que você vê de Ventura a Santa Barbara:


Fora que, um pouco antes de chegar em Ventura, você passa por várias vinícolas e plantações de abóbora, paisagens inéditas até então.


Paramos em Ventura para abastecer e seguimos viagem.

Não paramos em Santa Barbara porque estávamos com medo de nos atrasarmos demais. Ainda faltava muuuuito para o nosso destino. Pouco depois desta cidade, a estrada segue um trecho pelas montanhas... E aí, a paisagem fica cada vez mais incrível!


Assim que acabaram as montanhas, vimos uma placa dizendo "vende-se morangos, abóboras e blueberries" à direita. Resolvemos entrar na estradinha de terra e parar. Já era 1h da tarde e pensamos que umas frutinhas tapeariam nossos estômagos.


Achávamos que encontraríamos uma barraquinha de beira de estrada como essas que a gente vê por aqui, vendendo banana, mas tivemos uma grande surpresa! As plantações estavam ali e eram "self-service"! Vimos alguns morangos, entramos na casinha, identificada como The Barn Store, e chamamos por alguém para nos atender. Foi quando vimos uma placa, em cima de um barrilzinho, dizendo "escolha o que quiser e deixe aqui a quantia que achar justa". Oi? Não havia ninguém trabalhando ali! Era só pegar as frutas e deixar o dinheiro. Que coisa mais linda!


Ver algo tão diferente, que saiu totalmente do clima da viagem, foi algo muito bacana para nós. Nos divertimos ali, viu? :)

"Vem vindo carro! Levanta! Rápido!" *click*
Vale a pena dar uma paradinha lá, para sentir o cheiro da natureza. Chegar é fácil -- e você não vai desviar do seu caminho.


Seguimos, então, para Santa Maria, onde fizemos uma parada para o almoço. Mas isso é assunto para o próximo capítulo.

Beijos,

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook