California

Dia 25: San Francisco (Califórnia - EUA) - Chegada e Golden Gate Bridge

sexta-feira, janeiro 20, 2012

Quando viajo, minhas primeiras impressões dificilmente mudam sobre o lugar que visito. Foi assim que me apaixonei loucamente por San Francisco. Amor à primeira vista. Quer dizer, uma vista bem nublada, com muita chuva e vento na cara, mas, ainda assim, um amor arrebatador.

Chegamos a San Francisco praticamente no último dia "últil" da viagem, às vésperas de embarcarmos de volta para São Paulo, no dia 10 de outubro. Após quase 4.000 km rodados, nossa bateria já estava no fim, mas ainda tínhamos essa grande cidade para conhecer em tão pouco tempo.

Pois bem, chegamos pela 101 que, ao se aproximar das imediações da cidade também é chamada de Bayshore Freeway. Seguimos até a Central Freeway, que nos levou à uma das principais intersecções da cidade, a Market Street com a Van Ness Avenue (carinhosamente conhecida -- por nós -- como "Vanessa"), onde fica a prefeitura.


Obviamente, o primeiro lugar que queríamos ver era a famosa Golden Gate Bridge. Infelizmente, no momento em que avistamos a ponte e suas monstruosas estruturas vermelhas, ela estava quase que totalmente coberta pela neblina. =( Ainda assim, encaramos o mal tempo e cruzamos a ponte como se não houvesse amanhã. A emoção é indescritível. A GG é ENORME --  2 km de extensão e mais de 230 metros de altura -- e aqueles cabos de aço gigantescos suspensos fazem a gente se sentir bem pequeno. Uma pena não ter parado de chover para caminharmos sobre ela.


Existem dois mirantes para olhar a Golden Gate com vista privilegiada:

1) Presidio of San Francisco (Norte) - um complexo com quase 6 milhões de metros quadrados (!) de área verde, museus, parques etc. Seguindo pela 101 (Doyle Drive), que cruza o parque, é inevitável chegar até o início da ponte. Antes, porém, entre à direita na saída 439 (Lincoln Blvd.). Ali há um mirante de onde você pode conferir a ponte de um ponto muito bacana. É ali onde todo mundo tira a famosa foto com a ponte ao fundo. :) Ah, e esse é também o último retorno que você pode fazer antes de entrar na ponte, não esqueça! 

Vista da ponte do lado sul e passagem pelo pedágio
2) Vista Point Road (Sul) - assim que a ponte termina, fique ligado à placa que indica a entrada para essa bifurcação que dá na Vista Point Road. Ali há outro mirante para apreciar a ponte por outro ângulo. 

 

IMPORTANTE: Para o retorno, separe US$ 6 para o pedágio logo na entrada. Fomos pegas de surpresa e a sorte é que estávamos com quilos de moedas no carro.



Pedestres também podem aproveitar a ponte em toda sua extensão, pois há uma "calçada" do lado leste da ponte, no sentido sul, e é somente por aí que você pode caminhar, incluindo pessoas com necessidades especiais. Os bikers têm passagem livre em ambos os lados da ponte, nas calçadas especiais e não pagam o pedágio. Ah, durante o inverno, entre Janeiro e Março, o lado oeste fica fechado para ciclistas, ok?

Depois de uma aventura fria e molhada, bora voltar para o centro da cidade e ver o que mais essa cidade incrível tem para oferecer.

Até!

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook