Líbano

Dia 7: Jeita Grotto (Líbano)

quinta-feira, março 29, 2012

Na quarta-feira, acordamos atrasadíssimas, com o nosso motorista Ahmed telefonando para o nosso quarto e perguntando se queríamos ou não fazer um tour.

Obviamente, perdemos o café da manhã do hotel e pedimos para que o Ahmed nos levasse para comer alguma coisa antes de começarmos o passeio. Fomos na casa de manouche e na casa de sucos do Barbar (falei dessa rede no último post), ali em Hamra mesmo.


Para os passeios do dia, combinamos o valor de 80 dólares (as duas) para visitarmos a Jeita Grotto e as cidades de Jounieh, Harissa e Biblos. Acabamos não indo para Biblos por causa do horário e o Ahmed compensou nos levando ao centro histórico de Beirute. Mas tudo isso é assunto para outros posts. Mais uma vez, o valor saiu bem mais em conta do que se fôssemos com alguma agência de turismo.

A Jeita Grotto era um dos lugares que mais queríamos conhecer porque vimos fotos lindíssimas de lá, na internet, antes de viajarmos.
Jeita tem duas grutas: a Upper Grotto e a Lower Grotto. A primeira é no alto da montanha, onde você tem acesso, a pé, às lindas formações da caverna por cerca de 750 metros (dos 2.200 explorados). A segunda é a mais bonita e a que mais queríamos conhecer: você percorre 400 metros (dos 7.500 explorados) em um barquinho a remo, pelo lago no fundo da caverna, na parte debaixo da montanha.
Infelizmente, por causa da neve que estava derretendo, o lago da Lower Grotto ficou cheio demais, o que impossibilitou a visita. :(
Pra matar a curiosidade, veja as fotos da Lower Grotto no site da Jeita Grotto.

Para entrar na Jeita Grotto, é preciso pagar 12 dólares por pessoa. O ingresso dá direito a um slide show, ao bondinho, à Upper Grotto, à Lower Grotto e ao trenzinho.


Para subir à Upper Grotto, pegamos o bondinho, que vai por cima do rio e é bem altinho:


Na entrada da gruta, os seguranças pedem a todos os visitantes que guardem seus pertences nos armários, principalmente máquinas fotográficas e celulares. É expressamente proibido fotografar dentro da Jeita Grotto (dizem que as câmeras tiram o oxigênio da gruta. Oi?). Mas, como somos duas fora da lei, escondemos nossos iPhones dentro das mangas de nossas blusas e entramos.
Não vou dizer que foi fácil fotografar ali. Tem um vigia a cada metro e câmeras instaladas por toda a gruta. Mas demos o nosso jeitinho.


Lá dentro é lindo! Impressionante mesmo! Mas é quente pra caramba! Prepare-se para suar!
Ah! E tome cuidado com as mariposas gigantes que voam lá dentro! Uma delas deu um rasante em nossas cabeças e eu quase morri do coração, achando que era um morcego prestes a engruvinhar meu cabelo.

Para voltarmos ao estacionamento, onde o Ahmed ficou nos esperando, pegamos o trenzinho.


Se vale a pena? Claro! Muito! Jeita Grotto é um dos principais pontos turísticos do Líbano e não dá pra deixar passar.
De lá, partimos para Jounieh, cidade sobre a qual contaremos no próximo post.

Beijos,

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook