Beirute

Dia 7: Beirute (Líbano) - Jantar, Dany's, Torino e Crew

segunda-feira, abril 02, 2012

O pique estava a mil e nem subimos pro quarto quando chegamos do passeio. Decidimos jantar primeiro, porque estávamos famintas. Mais uma vez, fomos ao delicioso Barbar. Desta vez pedimos um Kibe Chich Barak. Morremos? Sim. <3 Também comemos uma Manouche de carne. Como já contamos aqui, tudo no Barbar é delicioso. O serviço e o local podem lá não ser os melhores, mas o cardápio é imbatível. Depois do jantar, tomamos um sorvete delicioso em uma casa especializada do Barbar, como há muito tempo eu não tomava. O melhor é a pergunta: "vocês querem pistache?". ÓBVIO! E o vendedor passa o sorvete em pistache moidinho. Demais!


Depois do jantar, a pergunta: "o que fazer?":


Chegamos à Rue 78, o bequinho charmoso onde já tínhamos ido para conhecer os pubs e contamos sobre o Big Shot. Nesta noite a rua estava lotada e é incrível como os jovens por lá saem todas as noites. Você sempre vai encontrar uma opção. Bueno, paramos para olhar o movimento quando um lindo vestido com o uniforme de um bar veio nos abordar. "Por que vocês não entram no nosso bar?", foi a pergunta. Ficamos indecisas e ele insistiu, dizendo que a rodada seria por conta dele. "Por que não?", pensamos. Essa foi a nossa estreia no Dany's e os registros falam por si só. :)

Uma noite no bar que mudaria o rumo de algumas coisas nessa viagem...














Depois de algumas (muitas) rodadas de bebida de graça -- já falamos aqui que não pagamos nos bares, principalmente se o barman virar brother --, ficamos por ali até que praticamente o bar fechasse e fizemos amizade com o lindo do bar. Ele nos convidou para seguirmos com ele e alguns amigos para outro lugar e concordamos. Chegamos a um bar bem pequeno, o Torino Express, localizado no bairro boêmio de Gemmayzeh, reduto de uma galera que curte rock e cerveja gelada. 


O Torino, pelo que percebi, é um pit stop pra quem quer só um Happy Hour prolongado ou para seguir para outro bar. Adivinha o que fizemos? Sim, partimos com o lindo do bar e nossos novos amigos para o terceiro boteco da noite, onde conheceríamos algumas pessoas bem especiais.

O Crewbar, também no Gemmayzeh, é um pub escurinho, aonde se vai com os amigos para se beber bastante. A única coisa que paguei na noite foi uma Almaza -- a cerveja que te darão quando você pedir beer em qualquer lugar do Líbano, que custou 8 mil libras libanesas (R$ 10). O ótimo ambiente e música são espelho do queridíssimo proprietário do local, que faz questão de distribuir lindos sorrisos e abraços em quem está por ali se divertindo. <3 Nesta mesma noite também conhecemos alguns brasileiros que moram por lá e que foram uns amores com a gente.


Depois de um dia cheio de novidades e uma noite mais longa que o próprio dia, finalmente fomos embora para o hotel para descansar um pouco. Noites como esta provam que, quando viajamos, o ideal é aproveitar as oportunidades que aparecem pra gente e ver no que vai dar. :) Garanto que, muitas vezes, dá certo. E como.



Até mais!

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook