Um motorista para chamar de seu: nossa experiência no Líbano

terça-feira, abril 24, 2012

Quem acompanhou os posts sobre nossa visita ao Líbano, percebeu que um nome foi muito recorrente em nossos relatos: Ahmed H. Moussa, nosso querido motorista. O Ahmed, na verdade, é um taxista que mora e trabalha em Beirute. Com 54 anos e quase 30 de experiência atrás do volante, ele é aquele senhorzinho que conhece tudo e um pouco mais, e vai te levar para qualquer lugar que você pedir. Ele ama o Brasil e fala a todo momento que tem parentes por aqui, o que de fato é verdade. Seu irmão tem um filho que mora no Bom Retiro.

Nosso encontro aconteceu por acaso, como a Lu contou aqui. Ainda bem, pois após rodarmos mais de 400Km pelo Líbano, não poderíamos ter feito isso ao lado de um desconhecido. O Ahmed é um homem super paciente e não se incomoda em explicar para você o que você pedir. Na verdade, ele até insiste para que você entenda tudo o que está vendo. Mesmo que não de forma muito completa, ele também é um ótimo guia turístico e fará você descer do carro para apreciar a vista -- mesmo que você esteja cansado: "aproveitem a vista, quem sabe quando voltarão?", ele dizia. :)

No Líbano, todas as regulações de trânsito são bem complicadas. Desde a falta de sinalização nas vias, até nos serviços prestados, como os táxis. Não há taxímetro e os preços são combinados com o motorista, que podem ser sacanas com você, assim como em qualquer lugar do mundo. A vantagem em encontrar alguém de confiança é poder contar com o serviço sempre que você precisar, além de ter o poder de barganha. No caso de um país tão diferente como o Líbano, tivemos a boa sorte de cruzar o caminho do Ahmed e ele o nosso.

Abaixo fiz um roteirinho com os trechos que visitamos, com uma média da distância e os preços. Obviamente que os valores cobrados pelo Ahmed não são 100% consistentes, mas eles têm coerência. Olha só:

1º dia
Distância: 107Km
Custo: US$ 100

2º dia
Distância: 64Km
Custo: US$ 90

3º dia
Distância: 90Km
Custo: US$ 70

4º dia
Distância: 18Km
Custo: US$ 60

5º dia
Trecho: Hamra/Chtaura/Baalbeck
Distância: 89Km
Custo: US$ 100

6º dia
Trecho: Ghazee/Hamra
Distância: 55Km
Custo: US$ 80
 
7º dia
Trecho: Hamra/Aeroporto
Distância: 13Km
Custo: US$ 25

No 4º dia, chegamos a reclamar com ele o preço, pois só ficaríamos dentro de Beirute. Ele, no entanto, justificou que perderia corridas durante o dia para ficar conosco e nos ajudar com as compras, o que, de fato, ele fez. Nos ajudou com os produtos, conversou com as pessoas que não nos entendiam e ainda carregou nossas compras. Achamos justo. Nos 5º e 6º dias, os preços foram mais altos em relação aos demais trechos que fizemos, porém, quem nos levou foi o Youssef, primo do Ahmed. Acredito que possa ter rolado um acordo entre eles para que o Ahmed não ficasse sem lucrar aqueles dias. Ainda assim, foi tranquilo.

"Ana, vale a pena, então, contratar um taxista para os dias que ficar no Líbano?". Vale a pena contratar o Ahmed para ser seu motorista no Líbano. Esta é a dica mais preciosa que podemos te dar em relação a este serviço. :)


Até mais!

Você também poderá gostar de:

7 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook