Leve com Você

Viaje seguro: conheça as diferenças entre assistência e seguro de viagem

quarta-feira, maio 16, 2012

Dizem que prevenir é melhor que remediar. No caso de uma viagem ao exterior, concordo plenamente quando usamos este dito popular para emergências médicas. Viajar para outro país requer atenção com a saúde, principalmente para pessoas que precisam de cuidados especiais. No meu caso, que tenho asma, sempre levo a minha “farmácia” comigo, mas sempre fico atenta para o caso de precisar de alguma assistência médica.

Para toda viagem ao exterior, recomendo a contratação da Assistência Viagem, principalmente para pessoas que viajam on a budget, ou seja, com o orçamento pré-definido e não podem ter surpresas ou gastos fora de hora. No mercado, existe também o Seguro Viagem, e é um erro comum confundir os dois serviços. Por isso, vou primeiro explicar o que cada um oferece:

Seguro Viagem 
Quando o viajante sofre alguma situação de crise durante uma viagem, como acidente ou doença, ele arcará com todas as despesas, além de ter que procurar ajuda por conta própria. Os gastos somente serão ressarcidos quando ele retornar ao Brasil, solicitando o reembolso para ser indenizado.

Assistência Viagem
Em caso de emergência, o viajante entrará em contato com a empresa de assistência contratada, e esta empresa prestará toda a ajuda necessária, sem que o viajante precise pagar nada por isso. Entre os serviços oferecidos estão internação, pagamento de passagem para que alguém próximo venha acompanhar o caso, repatriação em caso de óbito e até pagamento de fiança.

Em nossas duas viagens ao exterior, contratamos o cartão de assistência. Na primeira vez, quando fomos para os Estados Unidos, utilizamos o serviço do Travel Ace Assistance, oferecido pela CVC. Quando fomos aos Emirados Árabes e para o Líbano, usamos a Mapfre Seguros, um pouco mais em conta que o primeiro e também vendido pela CVC. Não precisamos usar nenhum dos dois (ainda bem), mas achei que a Mapfre foi mais completa ao enviar tags para as as malas, reafirmando o compromisso caso tivéssemos problemas de extravio, além de um guia de usuário.

Detalhe do documento da Travel Ace. Viajamos apenas com este recibo e o contrato de serviço.
Recebemos da Mapfre um kit de usuário e as tags para as malas, além do contrato de serviço.
No Brasil, existem várias opções de empresas que oferecem tanto a assistência viagem, quanto o seguro viagem. Alguns pontos, portanto, devem ser considerados antes de comprar o serviço mais barato:

1) É imprescindível verificar a diferença entre os tipos de cobertura oferecidos e os valores assegurados para cada um deles.

2) A opinião de um agente de viagens é importante, mas também busque referências com amigos e conhecidos que já tenham viajado e contratado este tipo de serviço. Não se esqueça de que as agências de viagem ganham comissão para oferecer determinados produtos.

3) Faça uma pesquisa em sites de reclamação, como o Reclame Aqui, para saber se a empresa que você está pensando em contratar está bem na praça e quais foram as queixas mais comuns, se houver.

4) Desconfie se o produto que você escolheu for muito mais barato que as demais empresas do mercado. Dizem que, às vezes, o barato pode sair caro, e certamente você não vai querer ter surpresas longe de casa.

Uma informação importante para quem vai viajar para algum dos países da Comunidade Europeia (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Grécia, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal e Suécia) é que, pelo Tratado de Schengen, você é obrigado a ter um serviço de assistência médica no exterior com valor mínimo de 30.000 euros de cobertura. Fique ligado!

Para ter uma ideia da diferença entre as empresas, fiz uma simulação entre as quatro empresas que considero serem as maiores no Brasil. Simulei uma viagem de dez dias à América do Norte para um viajante de 30 anos (no caso, eu. vish.):

É possível consultar e comprar o serviço desta empresa diretamente pelo site.

Opções de planos com os tipos e valores de cobertura
Coberturas adicionais
É possível consultar e comprar o serviço desta empresa diretamente pelo site. Você pode optar por uma busca com maior cobertura ou menor preço. Na segunda opção, os preços são bem competitivos. Quando viajamos, optamos pelo plano Schengen.

Opções de planos na opção "Menor Preço"
Detalhamento das coberturas oferecidas na opção "Menor Preço"
É possível consultar e comprar o serviço desta empresa diretamente pelo site. 


É possível consultar e comprar o serviço desta empresa diretamente pelo site. Em setembro de 2011, compramos o plano "Internacional Fácil", por US$ 52 cada uma. Aparentemente o pacote já não está mais disponível, mas existem equivalentes.


Não se esqueça de ler o contrato de serviço e sempre tire todas as dúvidas, para não viajar com a pulga atrás da orelha. O mais importante de tudo é passear tranquilo e poder ficar sossegado caso aconteça algum imprevisto. :)

Você, por acaso, já precisou usar algum serviço de assistência ou seguro viagem? Caso sim, conte sua história para nós pelos comentários ou pelo e-mail sintrip2011@gmail.com.

Espero ter ajudado.

Até mais!

Você também poderá gostar de:

3 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook