Home » , » Brasileiros e o visto para Cuba

Brasileiros e o visto para Cuba

Written By SINTRIP on quarta-feira, setembro 19, 2012 | quarta-feira, setembro 19, 2012

Antes de planejar qualquer viagem a outro país, a primeira coisa que se deve saber é se precisa de visto de turismo.


Vimos que precisávamos do visto para entrar em Cuba mas não sabíamos como tirá-lo, afinal, todas as pessoas que conhecemos, que foram à Cuba, tiraram o visto pela agência de viagens onde compraram o pacote. 

Fizemos aquela busca básica na internet e veja só a confusão:

O site Viaje Aqui, da Editora Abril, diz que o visto pode ser adquirido pela agência de turismo, na Embaixada Cubana, em Brasília, ou no Consulado Cubano, em São Paulo. Até aí tudo certinho. Diz também que a taxa para tirar o visto é de R$ 45,00, quando solicitado pelo viajante ou R$ 105,00, quando solicitado por terceiros. Os documentos necessários seriam o passaporte com validade mínima de seis meses, uma xerox da reserva das passagens de ida e volta e um formulário preenchido. 

Então, no site da diplomacia cubana, procuramos pelo tal formulário e nada -- sequer havia menção a ele na lista de documentos necessários. Nesse site não há informação sobre valores de taxas, mas lista os documentos para quem quiser pedir o visto pelo correio (caso não more em São Paulo ou Brasília): xerox do passaporte e das passagens de ida e de volta e pagamento de todas as taxas para este serviço.


Como sempre gostamos de confirmar as coisas por telefone antes de ir a determinado lugar ou fazer uma compra, ligamos no Consulado de Cuba em São Paulo (tel.: 11 3873-2800, que pegamos no site consulados.com.br), mas quem disse que alguém nos atendeu? Tentamos por dias e nada!
Resolvemos arriscar. Imprimimos nossos bilhetes eletrônicos (se comprou as passagens por sites de agência, ligue na companhia aérea e peça para lhe enviarem os tickets), pegamos os R$ 45,00 cada uma e fomos ao consulado, à Rua Cardoso de Almeida, 2115, em Perdizes. Pegamos o maior trânsito do mundo, já que o horário de funcionamento do consulado é das 9h30 às 12h30 e quisemos chegar cedo por medo de pegar fila. Lá não tem onde estacionar. Paramos o carro na rua de baixo e, assim que botamos os pés no Consulado, demos de cara com um aviso...


Foto? Reserva de hotel? Mas ninguém disse que precisávamos disso!

Haviam duas pessoas na nossa frente. A Ana já queria dar meia volta e partir. Mas chegou uma garota, que leu o aviso e nos perguntou: "vocês sabem onde eu posso tirar foto por aqui?". Não sabíamos e também estávamos preocupadas. Mas resolvemos esperar, já que parecíamos não ser as únicas a chegar sem esses itens.

"Próximo!", gritaram lá de dentro. Era a nossa vez.
Entramos na sala e já começamos a nos desculpar:
- Não encontramos esse formulário na internet, será que você...
A moça já nos interrompeu dando um papel na mão de cada uma. 
Enquanto preenchíamos o formulário, ela perguntou:
- Em que hotel vocês vão ficar?
- Não sabemos. Na verdade, estamos vendo de ficar na casa de...
- Casa particular? Ok, coloque o endereço no formulário.
- Mas...
- Assinem aqui e aqui.

No fim, nem entendemos direito o que aconteceu, mas ela não pediu a foto nem a reserva. De qualquer maneira, aconselho que você leve seu comprovante de estadia. Vai que você não tem a mesma sorte, né? Como o visto sai na hora, não precisa ficar preocupado em fazer tudo com tanta antecedência.

O visto é entregue em um papel, separado do passaporte. Por isso, pode ficar tranquilo que o visto cubano não invalidará seu visto americano. 


Resumindo, para obter o visto cubano, que vale por 30 dias (podendo ser prorrogado) compareça à Embaixada ou ao Consulado:

Setor Consular da Embaixada de Cuba  - Brasília, DF
Endereço: SHIS - QI 05, Conj. 18, Casa 01 
CEP: 71615-180
Telefone: 61 3248-4710/ 4215
Email: consulcubabsb@uol.com.br
Expediente: de segunda a sexta, das 10h às 13h.

Consulado Geral da República de Cuba - São Paulo, SP
Endereço: Rua Cardoso de Almeida, 2115
CEP: 01251-001
Telefone: 11 3873-2800
Email: oficonsular@uol.com.br
Expediente: de segunda a quinta, das 9h30 às 12h30.

Com os seguintes documentos:
- Passaporte válido por no mínimo seis meses
- Cópia das passagens aéreas (ida e volta)
- Comprovante de reserva do hotel
- Formulário preenchido e assinado (clique aqui e imprima) 
- R$ 45,00 (levar dinheiro em espécie)

Se quiser que outra pessoa vá até o Consulado de Cuba solicitar o visto em seu nome, você só precisará pagar R$ 75,00 a mais, totalizando R$ 120,00.

Se quiser pedir o visto pelo correio, é preciso pagar os R$ 75,00 a mais e a taxa de Sedex, de R$ 50,00, totalizando R$ 170,00. Se, na mesma correspondência, você quiser pedir mais de um visto, para outras pessoas, a taxa de Sedex continuará a mesma. 
Faça o depósito dos R$ 170,00, na conta 301.014-7, da agência 1606-3, do Banco do Brasil.
Imprima o formulário, preencha-o e assine-o. Tire uma cópia legível das páginas 1, 2 e 3 do seu passaporte, das passagens, da reserva do hotel e do comprovante de depósito, e envie tudo para a Embaixada ou para o Consulado. Seu visto deverá retornar em três dias úteis. 

Para entrar em Cuba, também é necessário ter o comprovante de vacinação contra a Febre Amarela, não se esqueça, hein? Falamos tudo sobre as vacinas para turista no post "Vacine-se".


Leia também:

Beijos,







SHARE

Sobre SINTRIP

Jornalista, 35 anos, canceriana, chorona. Se emociona com tudo. Vive sem muito planejamento, mas com muitos planos.

19 comentários :

  1. Oi, Lu :) Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia Paulista

    ResponderExcluir
  2. Pra quem vai pela Copa Airlines, eles vendem o Visa no check-in por 25 doletas. E na verdade a vacina é exigida nos países onde se faz a conexão (Panamá, Venezuela, talvez Colômbia) e não em Cuba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é verdade. Nossa conexão foi em Lima.

      Abs.

      Excluir
    2. Estou indo na próxima semana. Fiquei com medo de deixar para pegar na hora do Checkin, mas considerando o trabalho que dá pegar antes, liguei na Copa (3 vezes) e me confirmaram nas 3 vezes que posso comprar na hora do checkin.

      Excluir
    3. Eu estou indo pra Cuba saindo de Belo Horizonte. Também me disseram que consigo comprar na hora do check-in! Você conseguiu Alexander? Em qual cidade você pegou o visto?

      Excluir
  3. Adorei as suas dicas!!!
    Qual foi o tipo de sedex que você utilizou e onde obteve o número desta conta bancária?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia,

      Como a Lu explicou no texto, fomos até o Consulado para obter o visto. As informações são do site oficial da Embaixada de Cuba no Brasil --> http://www.cubadiplomatica.cu/brasil/ES/ServiciosConsulares.aspx#Tarjeta_de_turista.

      Até mais!

      Excluir
  4. oLÁ, eu e mais 2 pessoas vamos para Cuba em Janeiro. Compramos a passagem pela Copa Airlines. Precisamos ir na embaxada cubana para tirar o visto? Ou conseguimos na hora do embarque. Se alguem souber a resposta , me responda , por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vani, de uma olhada no texto. Logo acima contem as respostas que procura.

      Excluir
  5. Quero mto ir...estou no Mx, vou ver se consigo tirar por aqui. Obrigadaa

    www.kamiladel8.com

    ResponderExcluir
  6. ola gostaria de saber onde fazer o depsito, e qual conta, obrigado

    ResponderExcluir
  7. ola gostaria de saber onde fazer o depsito, e qual conta, obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá escrito no texto:

      "Faça o depósito dos R$ 170,00, na conta 301.014-7, da agência 1606-3, do Banco do Brasil."

      Excluir
  8. Oi!
    Fiquei com uma dúvida sobre a taxa Sedex: eu tenho que pagar o sedex pra enviar + fazer esse depósito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A taxa que você tem que pagar do Sedex é para que eles enviem seus documentos por Sedex. Portanto, sim. ;)

      Excluir
  9. Olá, gostaria de ir à Cuba entre Natal e Ano Novo (2015). Eu vou daqui do Brasil, e meu namorado vem do Canadá, para nos encontrarmos lá. Acabo de ser mandada de volta do aeroporto de Bahamas (diga-se deportada?) porque só tinha 100 dólares num cartão de débito e 3 cartões de crédito (os quais tbm me permitem fazer saque no exterior na moeda local). Estou com medo da imigração me mandar de volta de Cuba e gastar dinheiro à toa. Ou de comprar passagens e reservar hotel e ter o visto negado. Como é lá no aeroporto de Cuba? Os guichês da imigração ficam logo saindo do avião, ou seria que nem no Panamá, onde você tem primeiro acesso às lojas (shopping do aeroporto) e só no andar de baixo vê os guichês da imigração.Nesse caso poderia esperar meu namorado chegar pra passarmos nos guichês da imigração juntos. Sou professora de inglês numa escola particular e ganho pouco mais de 1 salário. Sou pobre e estou com medo de ser deportada novamente ou de ter um quinto visto negado (vistos negados anteriormente principalmente com a alegação de não ter dinheiro suficiente: 2x Canadá, 1x EUA, 1x Bahamas). É mesmo pouco burocrático ir à Cuba? O que fazer, onde ir, a questão da segurança e a falta de internet são o menos importante nesse momento. Me preocupa mais a imigração e visto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dani!
      Poxa, que coisa chata o que aconteceu com você em Bahamas!
      Nós não tivemos nenhum problema em Cuba... Contei tudo aqui neste post: http://www.sintrip.com.br/2012/11/dia-1-havana-cuba-chegada-no-aeroporto.html
      Mas vá com tudo reservado (hotel, passagem de volta etc) porque é isso que pega -- e que pegou comigo na França, quando a policial encanou comigo porque eu não tinha reserva de hotel. São as mesmas coisas que vão te pedir aqui no Brasil quando você for ao consulado tirar o visto. E eu imagino que depois que tiver o visto, entrar em Cuba é o de menos. :)
      Sobre o aeroporto, não há um freeshop, não... E pelo vídeo do post que eu linkei aqui, dá pra ver que a imigração é logo depois do desembarque.
      Boa sorte!

      Excluir
  10. Eu tive dificuldade para achar a informação, então queria informar para os que não tem consulado cubano na própria cidade (no caso eu fui para Cuba a partir de Rio de Janeiro em dezembro de 2015), que pode comprar o visto (tarjeta turística) sem nenhum problema no aeroporto de Lima (e imagino que em Bogotá também) viajando com a TACA airlines. A companhia vende no próprio portão de embarque para 20 dolares (tem que ter dólares mesmo). O que fica muito mais barato do que todas as outras opções em Rio de Janeiro... Então COPA ou TACA, mesma coisa, dá para comprar sem problema nenhum. Abs e boa viagem.

    ResponderExcluir