#SinTrip

Dia 2: Fortaleza (Ceará) - Feirinha de Artesanato e Pré-Carnaval

segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Uma coisa era certa: naquela noite, após um dia super intenso, estávamos cansadas pacas, mas ainda tínhamos muita coisa para fazer em Fortaleza. A primeira delas era dar uma passada na famosa Feirinha de Artesanato da Beira-Mar, que fica na Praia do Meireles, em frente ao Clube Náutico. É um ponto muito visitado por todo mundo que vai à Fortaleza, pois lá concentram-se inúmeras barracas que são montadas diariamente, a partir das 16h. Saímos lindas, arrumadas e cheirosas do hotel, e caminhamos para a feirinha. O que não sabíamos, porém, é que dentro de minutos cairia o maior pé d'água da história dos últimos tempos em Fortaleza...


As pessoas juraram que ficaram felizes com a chuva, viu?
Barraca cheia de temperos, doces e comidinhas típicas do Ceará <3
Em 15 minutos de caminhada, tomamos mais chuva que nunca e chegamos à feirinha ensopadas. Não pense que parou de chover, porque isso não aconteceu. Nos abrigamos embaixo de um toldo, mas tivemos que nos aventurar pelas poças, caso contrário, ficaríamos sem nossas compras. Na feirinha, pinturas em cerâmica, bebidas e comidinhas típicas, souvenirs como camisetas e chaveiros, redes, artigos em couro etc. O preço é razoável e, como os produtos se repetem, não deixe de pechinchar para conseguir um preço melhor. Em nossa sacolas: castanha de caju torrada sem sal (R$ 18/pacote 1kg) e castanhas caramelizadas (R$ 12/pacote 500g), manteiga de garrafa (R$ 10/vidro 250ml), camisa de algodão para saída de praia (R$ 45) e duas santas em madeira (R$ 50 as duas) -- que descobrimos depois serem feitas de gesso. :( O preço de tudo é super parecido, mas sempre tem alguém com mais vantagem. Ah, algumas barracas aceitam cartão de débito e crédito, mas cobram uma "taxa" sobre o valor que não costuma passar de R$ 2.

Na volta, com fome, paramos no Restaurante Veraneio (Avenida Beira-Mar, 3.121) e, embora as dicas no Foursquare não fossem as melhores, tivemos um bom atendimento e a comida estava boa. Não deliciosa, boa. Comemos o prato Delícia de carne de sol (R$ 24,99), um tipo de escondidinho de carne de sol com purê de macaxeira (mandioca) gratinado, acompanhado de arroz branco. A porção é bem grande e, embora tenha mais purê que carne de sol, arrisco dizer que quatro pessoas comem tranquilamente.Pedi também uma casquinha de siri (R$ 9), mas não gostei.


Voltamos para o hotel para trocar de roupa, pois na cidade já estava rolando a festa de pré-Carnaval de Fortaleza. Pegamos um táxi no hotel e até o Aterrinho da Praia de Iracema (R$ 15). Chegando lá, a maior muvuca nas ruas, com ambulantes vendendo comida e bebida, muita gente e o show da Banda Patusco, bastante popular no Nordeste, que encerraria os bloquinhos do dia. O pré-Carnaval de Rua de Fortaleza rolou do dia 11 de janeiro a 3 de fevereiro, e aqueceu a cidade até a chegada do Carnaval, bastante animado por lá. Ficamos pouco, pois já era tarde, mas com certeza pela animação da galera (e também pelo  alto nível etílico) a festa foi boa desde o início, às 15h!



Como já era tarde, nossa noite durou pouco. Retornamos ao hotel e resolvemos explorar as dependências, o que não foi possível já que estava rolando um casamento. "Vamos olhar a festa?", nos perguntamos.


Encantadas pelo clima de festa que se espalhou pelo hotel, providenciamos a festa de casamento da Luciana lá em Fortaleza mesmo. Seu noivo, Rafael, visivelmente emocionado, foi parte essencial na produção deste memorável vídeo:



E assim terminou nosso longo sábado na linda Fortaleza! 

Até mais!

Você também poderá gostar de:

1 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook