California

Los Angeles (Estados Unidos): o que você precisa saber antes de viajar para lá

segunda-feira, dezembro 29, 2014

Los Angeles é enorme. É o condado mais populoso da Califórnia e o mais populoso dos Estados Unidos. Mas o que é condado?

Cada um dos estados nos Estados Unidos está subdividido em territórios chamados condados (com exceção da Louisiana e do Alasca). Cada condado tem uma administração local, que cuida de várias cidadezinhas. Para que você entenda melhor, imagine a Grande São Paulo, com suas cidades como as do ABCD, sendo administradas por uma mesma prefeitura. Teríamos o condado da Grande São Paulo. Veja bem, o condado não engloba todas as cidades do estado de São Paulo, apenas uma região.

Los Angeles é um condado do estado da Califórnia, com várias cidadezinhas. O que você, talvez, tenha pensado que fosse um bairro, como Beverly Hills, por exemplo, agora sabe que é uma cidade. Até mesmo Hollywood, que está no meio da aglomeração urbana de LA, é visto como outra cidade. A cidade de Los Angeles mesmo é só o centro (que não tem muita graça, na minha opinião). Pode parecer difícil de entender, mas, chegando lá, você verá que uma cidade está grudada na outra e nem perceberá quando tiver deixado Santa Monica e chegado em Venice Beach.


Existem 88 cidades incorporadas no condado de Los Angeles, mas é claro que você não precisa conhecer todas elas. Se pretende conhecer algumas, tem que reservar um tempinho maior para ficar em LA, afinal, o trânsito de lá é uma loucura e você perderá uns bons minutos (às vezes horas) para ir do centro até a praia, por exemplo. Olha só:


E por falar em trânsito, é bem difícil conhecer Los Angeles sem carro (acho quase impossível). É claro que existem aqueles ônibus turísticos que fazem aquelas passagens rápidas pelos principais pontos do condado, mas o passeio é bem superficial. O ideal é que você alugue um carro (veja aqui como alugar um carro, conheça o trânsito e saiba quanto custa) e tenha a liberdade de conhecer todas as cidadezinhas que quiser e ficar nelas o tempo que desejar.

Se não tiver jeito e você estiver a pé, há um ônibus chamado Starline, que custa em torno de 60 dólares e faz o seguinte itinerário (The Grand Tour of Los Angeles), em aproximadamente 5 horas e meia:

Hollywood Blvd *
– Chinese Theatre
– Walk of Fame
– Kodak Theatre
– Hollywood & Highland
– Hollywood Sign

Beverly Hills – Rodeo Drive *
– City Hall

Hollywood/LA
– Hollywood Bowl *
– Farmers Market/Grove **
– Miracle Mile
– La Brea Tar Pits *
– LA County Museum Art
– Melrose Ave.
– CBS Television
– Paramount Studios

West Hollywood
– Sunset Strip

Downtown LA
– Olvera St *
– Chinatown
– Staples Center
– LA Live/Nokia
– Walt Disney Hall *
– Our Lady Cathedral

Para os lugares assinalados com * haverá uma parada de 10 a 25 minutos. Para o assinalado com ** haverá uma pausa para o almoço.

Nós passamos oito dias em Los Angeles e conhecemos o principal, de carro. Visitamos Beverly Hills, Hollywood, Santa Monica, Venice Beach, Marina del Rey, Redondo Beach, Long Beach, Manhattan Beach, Burbank, Santa Clarita, Pasadena, Glendale… Para criarmos o nosso roteiro, reservamos os dias de praia, os dias urbanos, os dias de parques, os dias de estúdio… Ah, sim! Não se esqueça de reservar pelo menos um dia para conhecer o parque Universal Studios Hollywood (igual ao de Orlando), na cidadezinha de Burbank. É o máximo! E, também, um dia para fazer uma visita a um dos estúdios de Hollywood (como a Warner Bros. ou a Paramount) para ver de perto os cenários e locações dos seus filmes e seriados favoritos (se der sorte, pode até encontrar algum astro por ali). Mas lembre-se: tudo em LA é longe, muito longe, então saia cedo do hotel. 

Para se hospedar, uma dica: quanto mais badalada for a cidadezinha (Beverly Hills, Hollywood, Malibu…), mais caro você pagará na estadia. Em compensação, você pode ter muito conforto e luxo por um preço menor, em cidades como Burbank, Glendale, Santa Clarita ou Valencia, que são todas uma delícia! Nós ficamos alguns dias em Hollywood, outros em Santa Clarita e outros em Valencia. De verdade? Preferimos as duas últimas, onde nos hospedamos no Hyatt Regency e no Marriott Courtyard. Super aprovados!

Outro detalhe: não é preciso se hospedar em cidades diferentes só para conhecê-las. É possível conhecer uma cidadezinha inteira em apenas um dia. Portanto, hospede-se em uma única cidade e viaje para conhecer as outras.

Beijos,

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook