#SaintTrip

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro

terça-feira, junho 30, 2015

Acordei com a Cintia no quarto, arrumando suas coisas, às 8h da manhã. Ela tinha acabado de chegar do Brasil - acordou o Francisco, nosso host, e entrou. Como eu não queria perder tempo, levantei, me arrumei e já saímos para conhecer Madri.



Nossa primeira parada foi na Real Basílica de San Francisco El Grande (Calle San Buenaventura, 1), que fica a duas quadras da casa do Francisco. Nossa reação ao entrar na igreja foi de completa surpresa. Nunca na vida tínhamos visto uma igreja tão linda! Mal conseguimos rezar. Mesmo hoje, depois de ter conhecido tantas igrejas na Europa, continuo achando a Basílica de San Francisco a mais bonita de todas. É impressionante mesmo!


Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Parte de trás da Real Basílica de San Francisco

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Interior da Real Basílica de San Francisco

De lá, fomos para a Catedral de Santa María La Real de La Almudena (Calle Bailén, 10), a principal igreja de Madri, sede episcopal da diocese da cidade. 


Esta igreja foi consagrada pelo Papa São João Paulo II (e há até relíquias dele por ali), em sua quarta visita a Espanha, no ano de 1993. É a primeira catedral espanhola consagrada por um Papa e a primeira consagrada por São João Paulo II fora de Roma.


Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Entrada da Catedral de Almudena
Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Fachada principal da Catedral de Almudena

A fachada principal da Catedral de Almudena dá para a Plaza de Armería, onde fica o Palácio Real (também conhecido como Palácio de Oriente ou Palácio Nacional). Construído em 1738, no lugar do Palácio Real Alcázar de Madrid, que foi destruído por um incêndio no ano de 1734. O Palácio Real de Madrid ainda é, oficialmente, a residência do Rei da Espanha, apesar de ele utilizá-lo somente para recepções oficiais, já que a Família Real optou por viver em outro palácio, na cidade de La Zarzuela. 

É possível visitar o Palácio Real (se ele não estiver fechado para algum evento oficial) e conhecer as riquezas internas, por 10 euros, das 10h às 18h (até às 20h durante o verão). Optamos por não entrar e ficamos um tempo ali, sentadas, curtindo o visual, antes de continuarmos o nosso passeio.


Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Palácio Real
Demos a volta no Palácio e fomos conhecer os Jardines de Sabatini, que ficam logo atrás da residência real, no Campo del Moro.

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Jardines de Sabatini e o Palácio Real
Seguimos, então, para o Templo de Debod (Calle Ferraz, 1), um templo egípcio construído no século IV a.C. pelo rei cuchita Adijalamani para reverenciar o Deus Amun. Em 1968, o templo foi doado a Espanha pelo Estado Egípcio em agradecimento pela ajuda prestada ao salvamento dos templos de Abu Simbel.

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro
Exterior do Templo de Debod
As paredes do interior do Templo de Debod são decoradas com ilustrações egípcias. Vale dar uma passadinha por lá. 

Depois, passamos em uma lojinha (dessas de "alimentación") e compramos umas bobagens para comer porque já estávamos com o estômago roncando. Com cookies, pipocas e chocolates nas mãos (bem adultas, saudáveis e magras), saímos andando pela Gran Vía até a estação Callao. 


De lá, descemos rumo à estação Ópera, passeando pelas ruas do centro, até chegarmos à Puerta del Sol, onde está o Urso e o Madroño, que eu havia conhecido na noite anterior

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro

Voltamos para a casa do Francisco, passando pela Plaza Mayor.

Dia 2: Madri (Espanha) - Tour pelo centro

Então, a Cintia precisava descansar, afinal, tinha chegado de um voo de mais de 10 horas e não tinha tirado nem um cochilo. O que fizemos o resto do dia, eu conto no próximo post. :)

Veja o mapa da nossa primeira caminhada por Madri:


Beijos,

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook