Home » » Viajar sozinho: 15 vantagens e 15 desvantagens

Viajar sozinho: 15 vantagens e 15 desvantagens

Written By Luciana Sabbag on quinta-feira, julho 26, 2018 | quinta-feira, julho 26, 2018

Em 2012, eu publiquei um post aqui no blog, chamado "Viajar sozinha: eu não gosto", enquanto a Ana publicou outro, chamado "Viajar sozinha: eu gosto".

Meu texto tinha uma visão completamente diferente da que eu tenho hoje sobre viagens solo. O tempo passa, a gente amadurece e muda de opinião. No texto, eu dizia que não gostava de não ter companhia e que morria de medo. Mas minha experiência tinha sido apenas em algumas cidades do Brasil, quando eu sabia que poderia recorrer a algum conhecido local.

Para o exterior, eu morria de medo, ficava insegura em relação a outros idiomas, tinha medo de ser assaltada ou violentada e não ter ninguém para me socorrer, tinha medo de ficar doente, medo até de morrer e dar o maior trabalho pra minha família.

Até que fui.

No começo estranhei, achei chato não ter com quem dividir as emoções. Quando vi a Torre Eiffel, por exemplo, não tive para quem dizer “olha isso! Nem acredito que estamos aqui!”. Achei triste. Liguei a câmera e fingi que falava com alguém. 

Viajar sozinho: 15 vantagens e 15 desvantagens

Depois me acostumei. Passei a falar sozinha, em voz alta mesmo, afinal, quem conhece meu idioma? Fui aprendendo, devagar, a falar comigo mesma, a discutir comigo mesma, a tomar decisões comigo mesma, a brigar comigo mesma, a rir comigo mesma. Foi um passo importante para o meu autoconhecimento. Foi um passo importante para a minha independência, para eu aprender a me virar sozinha, a não ter vergonha de falar outro idioma (ainda que errado), a não ter receio de fazer amizades.

Mas esta é uma decisão que cabe a você. Eu acho que todo mundo precisa fazer isso uma vez na vida, mas só você sabe o que passa no seu coração. Por isso, não se sinta pressionado(a) a nada. Só não deixe que nada impeça a realização dos seus sonhos.

Se você não consegue se decidir se vai sozinho(a) ou não, fiz uma listinha com 15 motivos para você ir e 15 motivos para você não ir. It's your choice, baby. :)

15 motivos para viajar sozinho(a)


1) Você pode fazer o seu roteiro do jeito que você quiser. Não precisa incluir museus se não gosta de museus. Pode incluir o restaurante mais louco se você gosta de se aventurar na gastronomia;

2) Você pode acordar a hora que quiser – dormir também;

3) Você sabe dos seus limites. Você sabe por quanto tempo aguenta caminhar ou ficar sem comer. E se quiser ficar o dia todo andando e só parar para almoçar na hora da janta, ninguém pode lhe impedir;

4) Você não precisa dividir o banheiro com ninguém (se não ficar em hospedagem com banheiro compartilhado, claro);

5) Você não precisa esperar seu companheiro de viagem tomar banho, se arrumar e ficar pronto para sair;

6) Por não ter ninguém que faça por você, você vai lá e faz;

7) Você se força a falar com as pessoas e a fazer amizade;

8) Você pode mudar os planos quando bem entender;

9) Você não precisa fazer nada que não queira;

10) Se conhecer alguém interessante, não precisa se preocupar com quem e onde seu companheiro de viagem vai ficar pra você poder sair com o tal alguém;

11) Você pode ficar quantas horas quiser num determinado lugar e, se quiser tirar duzentas fotos iguais, ninguém vai reclamar que você está demorando;

Viajar sozinho: 15 vantagens e 15 desvantagens

12) Você não tem com quem se desentender e se irritar. Se você for uma pessoa difícil de ceder, então, viajar sozinho(a) é maravilhoso;

13) Você não precisa dar satisfação a ninguém;

14) Você se conhece melhor, reflete sobre questões importantes da sua vida e aprende a gostar da sua própria companhia;

15) Você amadurece.

15 motivos para NÃO viajar sozinho(a)


1) Sozinho(a), tudo fica mais caro porque você não tem com quem dividir o quarto do hotel, o táxi...;

2) Às vezes bate uma solidão, uma tristezinha;

3) Se der preguiça de fazer alguma coisa, não há ninguém para incentivar;

4) Você fica emocionado em algum momento e não tem com quem dividir essa emoção;

5) Não tem quem tire fotos suas. Sozinho, você precisa se virar com selfie stick, tripé e temporizador – e muitas fotos não dão certo.

Viajar sozinho: 15 vantagens e 15 desvantagens

6) Se você não fala nada de inglês ou espanhol, é um pouco mais difícil se virar fora do Brasil;

7) Se você for assaltado(a) e roubarem todo o seu dinheiro, não tem ninguém para lhe emprestar uma graninha. Veja o que fazer nesse caso, no post "Fui assaltado, e agora?";

8) Se ficar doente, não tem ninguém para lhe comprar um remédio ou buscar uma sopinha. Se rolar uma emergência, a coisa complica um pouco. Então, se você costuma ter crises de saúde, pense duas vezes antes de arriscar;

9) Não tem ninguém pra pedir uma opinião sobre uma roupa ou qualquer outra coisa;

10) Se você é mulher, sempre está mais vulnerável em um lugar desconhecido. O cuidado precisa ser dobrado;

11) Nem sempre as pessoas que você conhece numa cidade que visita estão disponíveis para passear com você, afinal, enquanto você é turista, elas estão na rotina delas;

12) Você não tem com quem comentar quando vir algo diferente, pitoresco ou até engraçado;

13) Se decidir visitar um parque de diversões sozinho(a), você precisa esperar por alguém perdido em grupos de um número ímpar de pessoas para entrar em diversas atrações;

14) Nos restaurantes, sempre perguntam mais de uma vez se você está esperando alguém;

15) "A felicidade só é real se é compartilhada" (Alexander Supertramp, Na Natureza Selvagem).

---

E você? Já viajou sozinho(a)? O que acha?
SHARE

Sobre Luciana Sabbag

Jornalista, 34 anos, canceriana, chorona. Se emociona com tudo. Vive sem muito planejamento, mas com muitos planos.

0 comentários :

Postar um comentário