Home » » 25 dicas essenciais para quem vai viajar para qualquer lugar

25 dicas essenciais para quem vai viajar para qualquer lugar

Written By Luciana Sabbag on quarta-feira, março 27, 2019 | quarta-feira, março 27, 2019

 25 dicas essenciais para quem vai viajar para qualquer lugar

Quando vamos viajar, precisamos fazer um check-list de coisas até óbvias demais -- como não esquecer o passaporte, por exemplo -- mas que são imprescindíveis. O que eu já vi de gente na fila de embarque que esqueceu o documento não é brincadeira! E uma vez que eu esqueci as baterias da minha câmera e perdi um dia todo de viagem sem poder fotografar?

Além do check-list, é importante seguir algumas recomendações gerais, que servem para qualquer país para onde você decida viajar. Vamos a elas?

Antes da viagem:


1. Verifique a validade do seu passaporte. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ser de até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários;

2. Deixe uma cópia do seu passaporte e do contrato do seguro-viagem com um familiar, além do contato do hotel onde você ficará instalado;

3.Verifique se os seus cartões de crédito/débito são aceitos no país de destino e não se esqueça de desbloqueá-los. Veja como usar seu dinheiro no exterior no post Money, money, money!;

4. Assegure-se de que dispõe dos meios ($) suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de perder sua passagem de volta;

5. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas embaixadas e consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

6. Não importa para onde vá, se é obrigatório ou não, mas por favor, faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

7. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais, como vacinas, por exemplo. Alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela. Mas, atenção: o certificado só passa a valer após 10 dias da data em que você tomou a vacina, portanto, não deixe para a última hora. Veja o que fazer no post: Vacine-se!;

8. Não existe vacina contra a malária, então considere levar repelente dependendo do seu destino. O risco de aquisição de malária é alto na África (sub-saariana), América do Sul (Bacia Amazônica), Madagascar, Papua-Nova Guiné, Sudeste da Ásia e Vanuatu. A gravidade da doença pode ser muito maior em países que não contam com boa infraestrutura de saúde.

9. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, hospedagens e números de telefone de contato;

10. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) embaixada(s) e/ou o(s) consulado(s) do Brasil do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contatos telefônicos;

11. Grande parte dos medicamentos disponíveis no Brasil podem não ser encontrados em outros países, por motivos diversos. Recomenda-se que cidadãos brasileiros levem quantia suficiente de medicamentos para viagens ao país, portando, sempre, a receita médica em inglês (ou, preferivelmente, no idioma oficial do país para onde pretende viajar) desses remédios. Veja o que levar no post: Arrumando a mala - Parte 1: medicamentos e higiene pessoal;

12. Se você possui alguma restrição alimentar ou necessita de uma dieta especial (não estamos falando de low carb e afins, hein?), entre em contato com a companhia aérea com antecedência;

13. Faça sua mala com antecedência. Se deixar para a noite anterior à sua viagem, pode apostar que esquecerá itens importantes ou levará coisa demais;

14. Verifique os riscos de aquisição de doenças nos lugares para onde vai viajar e, ao planejar seu roteiro, leve em consideração a possibilidade de exposição excessiva à luz solar e as diferenças de fuso horário, de clima e de altitude. Procure orientação médica especializada com antecedência de pelo menos 30 dias (especialmente se estiver sob tratamento de qualquer doença ou uso de qualquer medicamento);

15. Atente-se ao que deixará para trás, como plantar que precisarão ser regadas e boletos e contas a pagar que vencerão enquanto você estiver fora. Deixe os pagamentos programados ou peça a alguém para pagá-los para você. Veja o post Cuidado com o que deixará para trás;

Durante a viagem:


16. Para evitar o extravio dos seus documentos, tente deixá-los no cofre do hotel e saia apenas com uma cópia autenticada, que é suficiente na maior parte dos países;

17. Qualquer que seja o país de destino, evite a exibição de jóias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

18. Evite frequentar ruas mal iluminadas à noite, mesmo que pense que fora do Brasil você não corre perigo, e não resista a uma tentativa de roubo;

19. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha a sua babagem sempre sob vigilância;

20. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

21. Recuse e evite qualquer tipo de contato, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, perante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

22. Nos países muçulmanos e orientais, você se deparará com culturas muito diferentes da ocidental, e deve observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. Não queira ser o rebeldão e achar que pode tudo por ser turista. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão;

23. Tire print da tela de todos os detalhes de seu voo, rotas, mapas, etc., para o caso de ficar sem internet;

24. Aproveite e faça o download dos mapas da cidade que você está, para não precisar usar a internet nas ruas. Para isso, ative o modo avião, ligue o GPS e digitei "ok maps" no Google Maps, enquanto ainda estiver no hotel. A área visível será salva para acessos futuros e você terá um mapa completo para usar durante o passeio;

 25 dicas essenciais para quem vai viajar para qualquer lugar


25. Antes de fazer qualquer besteira em algum país, tenha em mente que suas atitudes podem beneficiar ou prejudicar a imagem do Brasil -- e isso pode comprometer a sua viagem e até a sua vida.
SHARE

Sobre Luciana Sabbag

Jornalista, 35 anos, canceriana, chorona. Se emociona com tudo. Vive sem muito planejamento, mas com muitos planos.

0 comentários :

Postar um comentário