Home » , » Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Written By Luciana Sabbag on quarta-feira, março 20, 2019 | quarta-feira, março 20, 2019

Na sexta-feira, meu penúltimo dia na Cidade do México, decidi fazer um passeio bem turístico para matar todos os lugares que eu ainda não tinha conseguido conhecer, incluindo o bairro mais chique da cidade, Polanco.
Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Turibus


Caminhei até a Avenida de La República (passando o Monumento a La Revolución) e peguei o Turibus Circuito Centro, que faz conexão com o Circuito Polanco -- o que eu queria realmente fazer. Desci no Auditório Nacional (o lugar que eu mais frequentei nessa cidade, já que fui ao show do Luis Miguel na quarta-feira e ao show do Pablo Alborán na terça, ambos nessa casa de show) e tomei o segundo ônibus.




O Turibus é o tour oficial da Cidade do México -- e se fala "Turibús" mesmo, em espanhol, e não "Turibãs", como se fosse em inglês. Eu gosto muito desse tipo de ônibus porque, quando não temos muito tempo, conseguimos ter acesso a um "resumão" da cidade. E eu já não tinha mais tempo para conhecer todos os lugares que me faltavam. 

O Turibus tem quatro circuitos principais e vários circuitos temáticos, como o Turiluchas (que leva a uma partida de Lucha Libre) ou o Turicerveceiro (que leva a quatro cervejarias), por exemplo. Para os circuitos principais você paga apenas uma passagem e pode pegar o ônibus que quiser. Também pode descer e trocar de ônibus quantas vezes quiser. 

Valores do Turibus:
MX$160 adultos / 1 dia / de segunda a sexta
MX$180 adultos / 1 dia / sábado, domingo e feriados
MX$80 crianças e aposentados / 1 dia / de segunda a sexta
MX$90 crianças e aposentados / 1 dia / sábado, domingo e feriados

Fiz todo o Circuito Polanco, que levou aproximadamente duas horas.

Polanco


Polanco é a  Beverly Hills da Cidade do México. É o bairro dos ricos e famosos da cidade. Os atores mexicanos moram todos por lá. O lugar está cheio de restaurantes exclusivos, bares incrementados, pequenos cafés nas calçadas, livrarias e interessantes galerias de arte, além de ser super arborizado. No andar panorâmico do Turibus, não esqueça de baixar a cabeça para não tomar galhos na cabeça.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Em Polanco, a maioria dos nomes de ruas é dedicada a filósofos, poetas e escritores, com algumas exceções. A principal delas é a mais importante via do bairro, a Avenida Presidente Masaryk, batizada em homenagem ao primeiro presidente da antiga Tchecoslováquia, Tomás Masaryk. São mais de três quilômetros de avenida, com butiques famosas como Hugo Boss, Cartier, Tiffany, Louis Vuitton, Bvlgari, Marc Jacobs, Chanel e Burberry, e também com grifes urbanas como Diesel, Puma, Zara, Lacoste, American Apparel e Massimo Dutti.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi
Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Eu não desci do ônibus em nenhum momento durante esse circuito. Até planejei descer no museu Soumaya, mas desisti. Eu queria mesmo era ver o prédio do museu e não seu acervo (porque eu não tinha muito tempo mesmo).

O Museo Soumaya


O museu Soumaya fica em um prédio projetado pelo mexicano Fernando Romero, de 46 metros de altura, de estrutura assimétrica formada por 16 mil placas de alumínio em formato hexagonal.

Seu nome é uma homenagem a Soumaya Domit, esposa do fundador, Carlos Slim, falecida em 1999.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

O museu abriga um acervo com mais de 60.000 peças, composto por coleções de artes plásticas, artes decorativas, documentos históricos, relíquias religiosas e numismática, de escolas francesas, italianas, inglesas e espanholas que vão do século XV ao XVIII.

Na coleção, estão nomes como Sandro Botticelli, Claude Monet, Camille Pissarro, Pierre-Auguste Renoir, Edgar Degas, Vincent van Gogh, Henri de Toulouse-Lautrec, Pablo Picasso, Max Ernst, Joan Miró e uma enorme coleção de Salvador Dalí.

Museo Soumaya
Plaza Carso, Miguel Hidalgo
Telefone: +52 55 5616 3731
Site: http://www.museosoumaya.org
Horário: Todos os dias, de 10h30 a 18h30 - Entrada gratuita.

Ao fim do percurso, desci novamente no Auditório Nacional, de onde fui caminhando até o Bosque de Chapultepec.

O Bosque de Chapultepec | Parque Chapultepec


O Bosque de Chapultepec é uma das maiores áreas verdes urbanas do mundo (com 686 hectares de área). Um dos pontos mais emblemáticos da Cidade do México, o local oferece diversas atrações ao público, que vão de museus a passeios de pedalinho.

O bosque é cortado pela Avenida Paseo de La Reforma. De um lado, fica a parte maior do parque, com dos lagos, o Jardim Botânico, o Zoológico, o Castelo (Castillo) de Chapultepec, além dos museus Tamayo, de Arte Moderna, del Caracol e o Museu de História Natural. Do outro lado da avenida, está o Museu Nacional de Antropologia, maior estrela da Cidade do México, além de outros lagos, restaurantes e pistas de skate.

Cada atração tem o seu preço e suas particularidades. Há também uma feirinha de comidas e produtos típicos mexicanos, que é perfeita para comprar souvenir -- foi o lugar mais barato que vi.

Como contei no vídeo, eu queria apenas ver o Castillo de Chapultepec e não entrei porque não poderia ficar muito tempo em um museu. A mesma coisa aconteceu com o Museu de Antropologia. Nesse eu queria muito conhecer a cascata do pátio central. E foi o que fiz. Só.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi
Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

A melhor entrada para chegar às atrações principais, localizadas na Primeira Sessão (o parque é dividido em três), é a da Avenida Paseo de La Reforma. 

Av. Paseo de la Reforma s/n, Miguel Hidalgo
Site: http://chapultepec.org.mx
Horário: Aberto todos os dias
Saindo do Museo de Antropologia, voltei ao Paseo de la Reforma e tomei novamente o Turibus Circuito Centro. A única coisa da minha lista de To Do's da Cidade do México que faltava era a Plaza Garibaldi.

Então dei uma volta pelo centro e desci na frente do Palácio das Comunicações, o ponto mais próximo da Garibaldi, e caminhei até lá. Eu já tinha feito um super tour pelo centro no dia anterior, então nem me preocupei em visitar algum ponto turístico da região.

A Plaza Garibaldi | Praça Garibaldi


A Plaza Garibaldi é um cantinho super tradicional na cidade. Marcado pela presença maciça de mariachis, o lugar é repleto de restaurantes típicos e bem turistão.

Ouvi falar bastante do lugar, mas muitos mexicanos me disseram que a Plaza Garibaldi não é lá muito segura. E, como eu estava sozinha, me aconselharam a não andar por ali à noite.

Por isso cheguei no final do dia. Até estranhei -- não era nada do que eu estava imaginando. Até que haviam muitos mariachis, mas todos estavam esperando os turistas chegarem, sentados, com caras de "saco cheio". Perderam o encanto pra mim.

Enquanto eu atravessava a praça, me senti super mal. Além dos mariachis, há muitos homens à toa, bebendo, olhando pras nossas bundas e fazendo comentários. Também vi muito pedinte e mendigo e não me senti nada confortável. Inclusive, foi o único lugar da Cidade do México que me deixou insegura.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Dizem que o lugar é muito legal à noite, mas preferi não arriscar. Mariachi tem em todo lugar, inclusive no Brasil. Além disso, eles não ficam ali tocando -- você precisa contratá-los. O custo de cada música varia entre MX$ 100 e MX$ 150.

Ali na praça também está o Museo del Tequila y Mezcal -- sobre o qual não posso opinar porque não entrei. Fiquei só na lojinha. Hehe.

Dia 7: Cidade do México (México) - Turibus + Polanco, Chapultepec e Plaza Garibaldi

Plaza Garibaldi
Eje Central (Lázaro Cárdenas) s/n, Cuauhtemoc

Saí de lá e tomei o Turibus de volta para o Paseo de la Reforma. Eu tinha pouco tempo para o próximo passeio. Mas isso é assunto para outro post.

---

Veja todos os posts sobre a #SinTrip México aqui.

---
amarelo 728x90 728x90 1  728x90 Viaje pelo Mundo- 728x90
SHARE

Sobre Luciana Sabbag

Jornalista, 35 anos, canceriana, chorona. Se emociona com tudo. Vive sem muito planejamento, mas com muitos planos.

0 comentários :

Postar um comentário