#SinTrip

Dia 5: Varadero (Cuba) - Passeio guerreiro no ônibus turístico, almoço perdido (eba) e preparativos para voltar à Havana

quarta-feira, novembro 28, 2012

Último dia em Varadero! Depois de dormirmos pouco, acordamos cedo para tomar café da manhã e tentar ver um pouco mais da cidade. Bom, como você já deve ter percebido, em todas as refeições bateu um desespero, mas essa seria a primeira vez que tomaríamos um desayuno fresquinho por lá. Nossa esperança era que eles não decepcionassem no café, pelo menos. Estava gostosinho (inho), pois não dá para errar com um monte de opção de ovos. hahahaha


Porco, porco, pão, porco, ovo, porco, ovo
Pois bem, olhamos pela janela e o dia não parecia nada promissor. E, sim, pasmem, até este momento não sabíamos nada sobre o ciclone que estava prestes a chegar no país aquela noite. :( No dia anterior, no entanto, havíamos comprado na feira de artesanato duas passagens para o Varadero Beach Tour Bus, pois é como sempre falamos, se não tiver tempo para conhecer uma cidade onde está, estes ônibus são uma opção rápida, barata e eficiente de conhecer os principais locais. Além disso, eles são circulares e têm a vantagem de você poder descer e voltar a pegá-los quantas vezes quiser, enquanto estiverem em circulação. A passagem custa, normalmente, CUC$ 5/cada, mas a vendedora fez por CUC$ 8 as duas. Fizemos, então, nosso check out, deixamos as malas no depósito e saímos. Pegamos o ônibus na rua 15, a dois quarteirões apenas do nosso hotel.

Sim, estava vento. Sim, estava chovendo. Sim, somos guerreiras.

Vimos até um dromedário, provando que Cuba tem mesmo todo o tipo de meio de transporte
Como você deve saber, Varadero é o paraíso dos resorts. Durante o passeio, fomos até a ponta da península e percebemos que a cidade não vai muito além disso. 


Sim, existem diversos passeios disponíveis para quem visita a cidade, como mergulho com golfinhos e para ver corais, visitar a Saturno Cave, uma caverna com um lago onde também se pode mergulhar, um parque grande etc., mas são atividades que são feitas com o tempo bom. Aliás, mesmo se tivéssemos ficado por lá mais tempo, para aproveitar tudo isso teríamos que esperar muitos dias até que o mar se acalmasse.

Durante o passeio, aproveitamos e pedimos para o motorista parar perto da Viazul (Calle 36 y Autopista), pois precisávamos comprar nossas passagens de volta para aquela tarde. Compramos para o horário das 18h, que chegaria em Havana por volta das 21h e pagamos CUC$ 10/cada. Pegamos nosso ônibus de volta para o hotel e tentaríamos chegar a tempo para almoçar (ai, não!) -- a recepcionista do hotel deixou que ficássemos com nossas pulseiras até a hora de ir embora, assim poderíamos comer e beber alguma coisa --, mas chegamos tarde demais. Fomos para o lugar que melhor nos acolheu em toda viagem a Varadero: o bar do hotel. hahahaha

Lu e o nosso barman (troll), Davi
Descobrimos, então, que o restaurante ao lado do bar servia lanches na parte da tarde. Entramos para comer alguma coisa antes de pegar a estrada mais tarde. No cardápio, hambúrguer e massa. Pedimos o hambúrguer.


Comidas e prontas, esperamos no saguão do hotel até dar o horário de partirmos para a rodoviária. Os bofinhos que conhecemos por lá foram se despedir e ficaram conosco por ali, batendo papo. Enfim, chegou a hora de dar tchau e partir. O que não sabíamos ainda era que nossa volta para La Habana teria uma grande mudança e a Lu conta sobre ela no próximo post!

Até mais!

Você também poderá gostar de:

2 comentários

Receba o #SinTrip por email



Curta o #SinTrip no Facebook