Home » , , » Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Written By Luciana Sabbag on quarta-feira, janeiro 17, 2018 | quarta-feira, janeiro 17, 2018

A 98 km da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, Ouro Prto é considerada uma das Sete Maravilhas Brasileiras, pela Revista Caras e pelo banco HSBC.

Muito procurada pelos turistas por causa de sua arquitetura e importância histórica, Ouro Preto possui cachoeiras, trilhas e parques com mata nativa, e ainda destaca-se por suas atividades culturais, como teatro, música, artesanato, literatura e carnaval. Todos os anos, Ouro Preto sedia o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes, que recebe grandes artistas brasileiros. É lá que está em funcionamento o teatro mais antigo da América Latina, o Teatro Municipal de Ouro Preto (antigo Casa da Ópera), inaugurado em 1770, na comemoração do aniversário do Rei Dom José I.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

As igrejas são uma das características mais marcantes das ladeiras de Ouro Preto. Construídas no período colonial brasileiro (século 18), no estilo barroco, elas exibem toda a suntuosidade da época. O famoso escultor Aleijadinho assinou o projeto da linda Igreja de São Francisco de Assis, no Largo de Coimbra, que abriga grande parte das esculturas do artista. Com obras concluídas em 1869, a Igreja é a mais antiga da cidade e foi classificada, em 2009, como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo. A Igreja de São Francisco de Assis funciona de terça a domingo, das 8h30 às 11h45 e das 13h30 às 17h. A entrada é paga. Tel.: (31) 3551-3282.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Não deixe de visitar a Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a mais rica e exuberante de Minas Gerais, ornamentada com mais de 400 quilos de ouro e mais de 400 esculturas de anjos. Diferente da Igreja de São Francisco de Assis, sua construção é em cruz latina, uma concepção de linhas retas, que não pode ser remetida ao barroco. A Matriz abriga também um museu de arte sacra e fica na Praça Monsenhor Castilho Barbosa, no Centro. Funciona de terça a domingo, das 9h às 10h45 e das 12h às 16h45. Para visitá-la é preciso pagar entrada também.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Outras igrejas que merecem destaque são a Nossa Senhora do Rosário, no Largo do Rosário (Centro), com entrada gratuita, que tem como grande atrativo sua fachada circular e as belas esculturas de São Benedito e Santa Helena; e a Matriz Nossa Senhora da Conceição, que abriga o túmulo de Aleijadinho e seu pai, o projetor dessa igreja. É lá que está o Museu Aleijadinho. A Matriz fica na Praça Antônio Dias, também no Centro, e funciona de terça a sábado, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h, e aos domingos das 12h às 17h. A entrada para esta igreja também é paga.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Se você tiver tempo para visitar mais construções católicas, conheça a Igreja São Francisco de Paula, a Igreja Nossa Senhora das Mercês e Perdões e a Igreja Nossa Senhora do Carmo, que abriga o Museu do Oratório, antiga sede da Terceira Ordem das Carmelitas. O museu é o único do mundo que exibe uma coleção com mais de cem oratórios, de diferentes estilos, que ilustram as tradições e os costumes religiosos de Minas Gerais. Só fique atento ao horário de funcionamento das igrejas (a maioria não abre às segundas-feiras) e se é ou não permitido o uso de câmeras fotográficas e filmadoras.

E já que estamos falando em museu, se você curte história, não deixe de conhecer o Museu da Inconfidência, na Praça Tiradentes, que possui documentos de objetos deste período, além de peças que fazem parte do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. O prédio já foi paço municipal e cadeia, mas foi transformado em museu em 1944. Funciona de terça a domingo, das 12h30 às 18h.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

E, para quem gosta de ciência, o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas está instalado no antigo Palácio dos Governadores de Ouro Preto, construído em 1748, e abriga mais de 30 mil peças oriundas de todas as partes do mundo. Funciona de terça a domingo, das 12h às 17h.

Já o Museu das Reduções, na Rua São Gonçalo, 131, exibe réplicas reduzidas de importantes monumentos brasileiros, como o Palácio da Alvorada e o Farol da Barra de Salvador. Funciona de quarta a segunda, das 9h às 17h.

O passeio mais procurado de Ouro Preto é a Mina da Passagem, a maior mina de ouro aberta à visitação no mundo. Localizada a 120 metros de profundidade, entre Ouro Preto e Mariana, a mina possui um lindo lago subterrâneo. Para chegar, basta pegar um ônibus ao lado da Praça Tiradentes, que passa a cada meia hora, ligando as duas cidades. Aberta todos os dias.
Outra mina importante de Ouro Preto é a Mina do Chico Rei, que fica dentro de uma propriedade particulas na Rua Dom Silvério, 108, no Centro.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

E, para quem aprecia a natureza, o Parque Estadual do Itacolomi merece a visita. Com 7.500 mil hectares de verde, o parque abriga o pico do Itacolomi, a 1.770 metros de altitude, um dos símbolos da cidade. Também funciona somente de terça a domingo (das 8h às 17h). O Parque Vale dos Contos, perto da Estação Rodoviária, possui mais 360 mil metros quadrados e oferece lindas paisagens da cidade, num terreno quase vertical. Funciona de terça a domingo, das 7h às 17h.

Por fim, faça o passeio de Maria-Fumaça no Trem da Vale, que liga as cidades de Ouro Preto e Mariana. A passagem sai por R$ 40 e crianças até 5 anos e idosos não pagam.
Para chegar à Ouro Preto, você pode pegar um voo para Belo Horizonte (veja promoções de passagens para Minas Gerais aqui) e ir de carro ou de ônibus até a cidade. O caminho mais prático e todo asfaltado é pela BR040, sentido Rio de Janeiro. Depois de 29 km, entre no trevo sentido Ouro Preto e pegue a Rodovia dos Inconfidentes.

Ouro Preto (Minas Gerais): o que você precisa saber antes de viajar para lá

Se você gosta de estrada, pode ir de São Paulo pelo BR381 até o trevo para Lavras, pegar a BR265 até Barbacena, acessar a BR040 sentido BH até Conselheiro Lafaiete e seguir pela Estrada Real, passando por Ouro Branco até chegar a Ouro Preto. Outra opção é seguir para Belo Horizonte pela Rodovia Fernão Dias e pegar a BR040 até o trevo para Ouro Preto. Do Rio de Janeiro o trajeto é quase todo pela BR040, até Conselheiro Lafaiete. Quem vai do Espírito Santo, basta pegar a BR262 até Rio Casca, seguir pela MG329 até Ponte Nova e, depois, pela MG262 até Ouro Preto.


Boa viagem!
Beijos,
SHARE

Sobre Luciana Sabbag

Jornalista, 34 anos, canceriana, chorona. Se emociona com tudo. Vive sem muito planejamento, mas com muitos planos.

0 comentários :

Postar um comentário